s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

II Escola de Formação Política do Foro de SP: A Integração na História de Nossa América

No dia 29 de julho, teve início a II Escola de Formação Política do Foro de São Paulo, curso que precede a realização do XIX Encontro do Foro de São Paulo.

A primeira mesa de discussão do curso no dia 29, intitulada “A Integração na História de Nossa América”, teve como participantes Nils Castro, PRD Panamá, e Roberto Regalado, professor-investigador do Centro de Estudos Hemisféricos e sobre Estados Unidos da Universidad de La Habana.

Em sua exposição, Nils Castro trouxe uma breve histórico dos processos de integração da América Latina e Caribe, bem como destacou que a integração deve ser vista como um projeto estratégico. Além disso, Castro abordou a importância de não se copiar modelos de integração europeus, mas sim de desenvolvermos bases teóricas próprias para que tenhamos o nosso modelo de integração.

Outro ponto relevante levantando por Nils Castro foi a necessidade de avançarmos no processo de integração latino-americano, exercitando a confiança recíproca e encarando as dificuldades que se apresentam, tais como: diferenças de direcionamento entre as correntes políticas existentes nos países; fragmentações regionais; falta de coerência entre as iniciativas; entre outros.

Castro também apontou a importância de se discutir a integração em todos os aspectos, e não apenas no âmbito comercial. Complementarmente, ressaltou que a integração deve ser pensada de modo a consolidar blocos de resistência à hegemonia neoliberal, ainda presente nas práticas e iniciativas internacionais, embora esteja ideologicamente derrotado.

Com o título “A Consulta, a Cooperação e a Integração na América Latina”, a apresentação de Roberto Regalado também foi focada nos aspectos históricos do desenvolvimento latino-americano, bem como dos seus processos de integração. Segundo Regalado, a integração é composta por consulta política, cooperação em diversas esferas e integração econômica, sendo que a consulta e a cooperação são os itens que mais avançam na América Latina.

Um dos pontos importantes abordados por Regalado foi a origem das iniciativas de integração latino-americanas, a partir das primeiras ideias de unidade de Francisco Miranda e Simón Bolívar. Os processos de colonização na América Latina, bem como a evolução do capitalismo e a dominação continental norte-americana foram outras temáticas apreciadas durante a exposição de Regalado, devido à influência destas questões nos processos de integração da América Latina e Caribe.

Ao final de sua apresentação, Roberto Regalado trouxe uma cronologia das iniciativas de integração na América Latina e destacou aspectos que favorecem os processos de integração, tais como a mudança do mapa político regional com a eleição de governos de esquerda e progressistas a partir dos anos 90; e o ingresso da Venezuela no Mercosul em 2012, consolidando uma aliança de resistência à hegemonia dos Estados Unidos.

Para Regalado, o Foro de São Paulo é um importante laboratório de ideias para a construção da integração da América Latina e Caribe, mas, para apoiar este processo, deve ocupar mais espaços institucionais e ampliar o diálogo com os movimentos sociais.

Confira também o vídeo com depoimentos de Nils Castro e Roberto Regalado!