s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

p

Use suas credenciais da Área PT

 Login

Escola Nacional de Formação do PT participa de curso de formação do Foro de São Paulo no México

Nos dias 18 e 19 de março, a Comision de Investigación y Capacitacion del Foro de São Paulo realizou o primeiro curso de formação sobre Integração Regional da América Latina e Caribe no México. Esta foi a primeira etapa do curso, que deve ter continuidade na próxima sessão do Foro de São Paulo, no mês de julho, no Brasil.

O curso, destinado às Fundações e Escolas Partidárias do Foro de São Paulo, contou com a participação da Escola Nacional de Formação do PT, por meio da diretora Selma Rocha. Também participaram cerca de 100 pessoas de diferentes partidos de 13 países: Venezuela, Nicarágua, Puerto Rico, Colômbia, Cuba, El Salvador, República Dominicana, Uruguai, Peru, Equador, Argentina, México e Brasil.

A atividade de formação esteve organizada em quatro mesas de discussão: La integración  em la batalha de ideas em Nuestra América;  El pensamiento de las clases dominantes, de las elites, de las oligarquias y del imperialismo estadunidense y su “panamericanismo” trata el tema de La “integración”;  Interfaces entre a La Globalización  Y La Integración; Como los governos e los partidos Del  Foro abordan el tema de La integración.

Segundo Selma Rocha, diretora da Escola Nacional de Formação, o primeiro curso de formação foi de grande importância para discussão da natureza das experiências de integração na América Latina, seja em relação às políticas e formulações voltadas à defesa dos interesses capitalistas conduzidos pelos EUA, burguesias e oligarquias nacionais, seja do ponto de vista da esquerda e dos setores progressistas.

Além disso, o curso permitiu a análise histórica das experiências de integração e ajudou a situá-las no contexto da globalização como a face atual do capitalismo. “Os desafios apontados pelos partidos e participantes presentes no seminário convergem para situar a integração política, econômica, social e cultural da América Latina e Caribe como condição da emancipação dos povos do continente, do fortalecimento da democracia e realização da justiça social”, completa Selma.

Esse curso inaugurou uma sequência integrada de três atividades de formação. A segunda ocorrerá entre os dias 29, 30 e 31 de julho de 2013 em São Paulo e deverá tratar de aspectos históricos da integração na América Latina, da integração do ponto de vista dos Estados Unidos e Europa e sobre as experiências CELAC, UNASUR, ALBA, MERCOSUR, Pacto Andino e SICA.