s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Em Pauta Conjuntura: Em defesa do patrimônio público e da soberania

Ontem (2/10), foi lançada, no Rio de Janeiro, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional.  A ideia foi apresentar a proposta do grupo, formado por políticos de diferentes partidos e integrantes da sociedade civil, que se coloca contra a maneira como tem sido feita gestão dos recursos naturais, as privatizações e a forma de lidar com a política externa do governo de Michel Temer (PMDB).

De acordo com Pedro Celestino, presidente do Clube de Engenharia e membro da frente, seu lançamento é essencial para mostrar para a sociedade brasileira que a luta em defesa da soberania não é partidária, mas sim uma luta de todos os brasileiros. “O projeto de construção de um Brasil para os brasileiros hoje está ameaçado por conta de uma proposta de governo que é absolutamente descompromissada de qualquer tipo de interesse da sociedade”, explicou.

O lançamento da frente antecedeu ao ato em defesa das empresas públicas marcado para esta terça-feira (3/10), em vários lugares, com destaque para o centro do Rio de Janeiro, com manifestação que terá deslocamentos pela sede da Eletrobras, do BNDES e vai até a da Petrobras, no dia em que a estatal completa 64 anos de criação pelo governo de Getúlio Vargas.

“Não se trata apenas da defesa do emprego, o que já seria uma questão importante, mas de mostrar à população os efeitos da política de privatização e desmonte do setor público encaminhada pelo governo Temer, que poderá se traduzir, por exemplo, em aumentos das tarifas e do preço dos combustíveis, além da questão geopolítica. Estamos defendendo o papel estratégico que o Brasil vai ter nos próximos anos”, afirmou o presidente da CUT, Vagner Freitas.

O ato está marcado para as 11h da terça, com uma concentração diante do prédio da Eletrobras, empresa na mira privatista do governo. De lá, os manifestantes farão passeata até outro símbolo estatal, a Petrobras, também na região central da capital fluminense, passando no caminho pelo BNDES.

O Movimento de Atingidos por Barragem (MAB) também estará realizando seu 8º encontro nacional no Rio de Janeiro, com mais de quatro mil atingidos por barragem e uma série de convidados internacionais. Está prevista a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na abertura do encontro do MAB e, na terça, no ato político na porta da Petrobras.

Ainda nesta terça, trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) devem realizar manifestação em Brasília, aderindo ao ato nacional em defesa das empresas públicas. Os Correios também estão no foco do governo para privatização. Os funcionários da empresa estão em greve.

Para o presidente da Federação Nacional dos Urbanitários (FNU), Pedro Tabajara Blóis Rosário, é momento de conscientizar a população sobre as consequências da entrega de patrimônio nacional sem qualquer aval da sociedade. “É um balcão de negócios”, disse, apontando a presença crescente de europeus e, principalmente, chineses no parque elétrico brasileiro, em caminho oposto aos dos Estados Unidos, por exemplo.

“Esse governo age com total irresponsabilidade na condução desse processo. Para nós, é uma crime de lesa-pátria”, afirmou Pedro, que completou: “A questão do golpe não foi à toa. Isso é compromisso firmado (com o capital internacional). O discurso de que vai melhorar a vida da população é pura balela”.

 

Confira outros destaques:

 1. Encontro Nacional de Prefeitos, Prefeitas e Vices do PT começa em Brasília

 

Começou ontem (02/10) o Encontro Nacional de Prefeitos, Prefeitas e vices do PT em Brasília/DF. Organizado pela Escola Nacional de Formação do PT, pela Secretaria Nacional de Assuntos Institucionais do PT (SNAI), pelas lideranças do PT na Câmara e no Senado e pela Fundação Perseu Abramo, o encontro acontece no Hotel San Marco e tem como foco “os impactos da conjuntura para os municípios, diretrizes do modo petista de governar, desafios e ações”. Confira a programação aqui.

 2. Datafolha: Lula cresce e lidera primeiro e segundo turnos

A preferência do eleitorado brasileiro pelo ex-presidente Lula não para de crescer! Em pesquisa Datafolha publicada no domingo (1/10), e cuja prévia foi divulgada no sábado (30/09), Lula tem ao menos 35% das intenções de voto nos cenários testados. Mesmo após a condenação injusta pelo juiz Sergio Moro, Lula se mostra uma força política importante, cuja integridade e inocência a população conhece e em que confia.

Ainda segundo a pesquisa, a grande maioria dos brasileiros quer ver Michel Temer processado e investigado. De acordo com o levantamento, 89% são favoráveis a que a Câmara autorize a abertura de processo contra ele por organização criminosa e obstrução de justiça. Apenas 7% dos entrevistados são contrários à aprovação da denúncia, que implicaria no afastamento de Temer por até seis meses, caso a decisão da Câmara fosse aceita pelo Supremo.

3. Gleisi anuncia Caravana de Lula pelo Norte do Brasil

Durante coletiva à imprensa em Santarém (PA), sobre o Seminário do Fórum PT Amazônia, a presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores, senadora Gleisi Hoffmann, anunciou que o ex-presidente Lula já se comprometeu a fazer uma nova caravana, desta vez pela região Norte do Brasil. Ainda sem data definida, a viagem do ex-presidente pelo Norte fará parte do projeto Lula Pelo Brasil, uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos. Leia mais aqui.

4. SNAI prioriza o legado do modo petista de governar

A Secretaria Nacional de Assuntos Institucionais (SNAI) do PT promoveu no domingo (1/10), o primeiro Fórum dos Secretários Estaduais de Assuntos Institucionais do Partido, em Brasília. O evento foi organizado pelo deputado e secretário José Guimarães e contou com a presença da presidenta Gleisi Hoffmann, que participou da reunião com dirigentes de 14 estados. Os temas principais dos debates foram sobre a relação política da SNAI com os prefeitos e a conjuntura política nacional. Para Guimarães, é necessário que haja um esforço coletivo para a reconstrução da SNAI. O deputado avaliou que é preciso resgatar o ciclo exitoso das políticas públicas protagonizadas pelas gestões petistas nas últimas décadas. “Precisamos rearticular os nossos prefeitos a fim de reconstruirmos o modo petista de governar”, afirmou Guimarães. Há consenso de que a SNAI trabalhará para aproximar os mandatos do partido e vice-versa; estimular a formação com a Escola Nacional de Formação do PT (ENFPT); além de recuperar o legado do modo petista de governar. A ENFPT esteve presente no encontro da SNAI. Leia mais aqui.

5. Pagamento da Presidência comprova que apartamento não é de Lula

Pagamentos de aluguel feitos pela Presidência da República comprovam que o apartamento de São Bernardo do Campo que tem estado no centro de polêmicas não pertence a Lula. Antes de ser adquirido pelo engenheiro Glaucos da Costamarques, o apartamento 121 do edifício Hill House, em São Bernardo do Campo, pertenceu a uma família que o alugou para o PT, no primeiro mandato do ex-presidente Lula, e para a Presidência da República, durante a segunda gestão do petista. Entre 2008 e janeiro de 2011, o governo gastou R$ 191.591,24 com o pagamento de alugueis e condomínio do 121. Este imóvel é vizinho ao 122, onde mora Lula, e foi descoberto pela força-tarefa da Lava Jato em 4 de março do ano passado, após relato do síndico e de um morador do edifício. Leia mais aqui.

6. Seminário discutirá desmonte e caminhos para a educação

A educação é uma das áreas que tem sofrido os cortes orçamentários mais drásticos da atual gestão Temer com o ministro Mendonça Filho a frente do ministério da Educação. Para debater essa situação e apontar saídas, o Partido dos Trabalhadores promove, no dia 9 de outubro, seminário sobre Educação Pública, Desenvolvimento e Soberania Nacional, em Brasília. Organizado pelas bancadas do PT na Câmara dos Deputados, do Senado, pela Comissão Nacional de Assuntos Educacionais do PT e pela Fundação Perseu Abramo, o evento tem o objetivo de resgatar os legados do ex-presidente Lula, da presidenta eleita Dilma Rousseff e subsidiar a oposição para resistir aos retrocessos que ocorrem na área. Além do legado, o seminário irá discutir o novo regime fiscal e o financiamento da educação, reforma do ensino médio, base nacional comum curricular, terceirização e privatização na educação, escola sem partido, entre outros temas. Leia mais aqui.

7. Comissão de Anistia sofre intervenção do governo Temer

O governo Temer resolveu agora intervir nas decisões da Comissão de Anistia. Por isso, movimentos populares, entidades e cidadãos que defendem os direitos humanos estão organizando um abaixo-assinado para evitar o fim da comissão. Nos últimos meses, o governo do peemedebista vem realizando intervenções nas decisões do órgão, fato nunca ocorrido antes. A Advocacia Geral da União (AGU), sob o comando do ministro da Justiça, Torquato Lorena, reprovou, recentemente, diversos processos de reparação histórica julgados pela Comissão de Anistia. Assim, vítimas da ditadura militar no país tiveram o pedido de indenização moral e econômica negados. Diante da pressão, vários integrantes do conselho pediram demissão, o que tem tornado o trabalho ainda mais difícil. Leia mais aqui.

8. Em denúncia contra agronegócio, 2 mil pessoas ocupam a Transamazônica no Maranhão

Cerca de duas mil pessoas paralisaram, na manhã de sábado (30/09), a rodovia Transamazônica, na altura do município de Balsas, região Sul do estado do Maranhão. A via ficou bloqueada por duas horas, e o ato marcou o início da primeira edição da Romaria Nacional do Cerrado, que reúne representantes de povos de pelo menos nove estados para denunciar os impactos do agronegócio no bioma. A caminhada teve início às 7h, mas, desde a madrugada, os romeiros se concentravam na Praça da Liberdade, onde ocorreu uma feira de economia solidária e troca de sementes. Leia mais aqui.

9. Assista a reportagens pela TVT

Na TVT, você assiste às reportagens e coberturas sobre os principais temas tratados pela mídia, com uma visão progressista e independente. Acesse pelo site, Facebook ou canal do Youtube da TVT.

 

Clique aqui e confira outros conteúdos do Em Pauta Conjuntura! Acesse aqui as orientações e o roteiro para a realização dos debates!

 


Banco de Políticas Públicas do PT

O Banco de Políticas Públicas do PT tem como objetivos disseminar o Modo Petista de Governar e contribuir para a elaboração de projetos pelos gestores petistas. O Banco reúne experiências desenvolvidas pelas prefeituras petistas em diversas áreas temáticas. Clique aqui para acessar e conhecer os seus conteúdos.

Campanha de apoio ao Nexo Jornal, Carta Maior, Caros Amigos, Opera Mundi, Democratize e Socialista Morena

Contribua com o jornalismo independente e a liberdade de expressão, assinando o Nexo Jornal, os boletins da Carta Maior e a revista Caros Amigos, bem como apoiando o Opera Mundi, o Democratize e o blog Socialista Morena.