De 22 a 24 de maio de 2015, aconteceu, em Mundo Novo/MS, a 3ª Oficina com Gestores/as de Formação do estado. A atividade teve diversas situações que foram estimulantes para os participantes, para a Escola e muitos militantes e dirigentes.

A Secretaria Estadual de Formação, que tem Carla Lopes como secretária,  em reunião com gestores, decidiu não fazer a atividade em Campo Grande, mas no município de Mundo Novo, quase 500 km da capital. O município é administrado pelo PT, o prefeito – Humberto Amaducci –  é também o gestor do coletivo de formação e presidente do Diretório Municipal. Mundo Novo vem de uma grande luta pela reforma agrária e assentamentos e carrega a história da ex-prefeita petista Dorcelina, assinada em 1996. De Campo Grande, participaram 10 gestores/as de formação. Outros 11 juntaram-se ao grupo desde o início dos trabalhos na sexta-feira à noite.

O modelo proposto pela Escola foi todo cumprido: abertura na 6ª feira à noite para todos os dirigentes e militantes do município, trabalhos da oficina no sábado o dia todo e domingo até o almoço.

Abertura na 6ª feira com mais de 100 militantes. Palestrante sobre Reforma Política, Dep. João Grandão. Estavam presentes o presidente do PT-DM (Mateovéio), prefeito, vice-prefeito, 2 vereadores, vice-presidente do PT estadual (Chiquinho).

O prefeito, o vice-prefeito, o presidente do partido permaneceram em tempo integral em toda a atividade. Ressalta-se que, no sábado, estava tendo um concurso público  mas, mesmo assim, eles só iam aos locais nos horários de intervalo.

Estiveram presentes 21 participantes dos municípios de Campo Grande, Dois Irmãos, Amambai, Mundo Novo, Corumbá, Três Lagoas, Itaquirai.

A programação da oficina, além da apresentação da Concepção Metodológica da ENF, com objetivo de informar/formar os novos/as gestores/as, introduziu os temas que serão trabalhados na próxima Jornada Nacional como módulo para Dirigentes do PT, assim como o curso Elementos para fazer Análise de Conjuntura.

A secretária estadual de formação e o coletivo de gestores/as de formação reafirmaram o plano de trabalho para o segundo semestre de 2015, buscando ir, cada vez mais, para os municípios.