s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Jornada Feminismo e a Organização das Mulheres Petistas

[[{“type”:”media”,”view_mode”:”media_large”,”fid”:”293″,”attributes”:{“alt”:”Participantes da Etapa Nacional da Jornada sobre Feminismo e Organização das Mulheres Petistas”,”class”:”media-image”,”style”:”float: left; border-width: 1px; border-style: solid; margin: 5px; width: 269px; height: 119px;”,”typeof”:”foaf:Image”}}]]Nos dias 22,23 e 24 de julho de 2011, em Brasília, realizou-se a etapa nacional da Jornada: Feminismo e Organização das Mulheres Petistas. Participaram 67 mulheres de 26 estados, secretárias estaduais e dirigentes do partido em seus estados. As jornadas da Escola Nacional de Formação do PT acontecem em etapas: uma nacional, etapas estaduais e regionais/municipais. Todas as mulheres participantes saíram da etapa nacional com o compromisso de realizar as etapas estaduais até dezembro de 2011 e as etapas regionais/municipais no primeiro semestre de 2012.

Os conteúdos desenvolvidos na etapa nacional foram desenvolvidos em três módulos.

O módulo I – Introdução ao feminismo: as teorias feministas e as relações sociais de sexo teve por objetivo desenvolver uma visão panorâmica a cerca das teorias feministas, partindo dos contextos ideológicos e políticos específicos.  As origens da posição de subordinação das mulheres na sociedade, a separação entre produção econômica e reprodução social e a natureza da divisão do trabalho entre os sexos.

O módulo II – O debate do feminismo – no movimento e no partido – abordou uma compreensão sobre as principais lutas e bandeiras do movimento feminista no Brasil indicando os avanços e desafios; as políticas públicas como interrelação entre sociedade civil e o Estado e a relação entre Estado, mercado e Família. O principal objetivo foi compreender como surge o debate do feminismo no Brasil e no PT.

O módulo III – Balanço da experiência do PT e novas perspectivas para um feminismo petista – versou sobre que medida a implementação das propostas de ação afirmativa contribuíram para alterar a dinâmica de exclusão das mulheres dos espaços de participação política e decisão e contribuíram para uma maior organização das mulheres no interior do partido e quais as ações necessárias para o fortalecimento da organização das mulheres no interior do partido e na sociedade.
 


Cique aqui e acesse os materiais utilizados na Jornada (acesso restrito a filiados e filiadas do partido).