s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Em Pauta Conjuntura: Manifestações de direita miram Congresso e defendem Lava Jato

Imagem extraída da página Jornalistas Livres no Facebook

Manifestantes tomaram as ruas neste domingo (04/12) em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e outras cidades brasileiras para protestar contra corrupção, com foco em parlamentares e no presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB).

Os manifestantes cantavam “Somos Sérgio Moro” a maior parte do tempo e denunciavam os “ratos” do Congresso. Um boneco pedindo “Fora Renan Calheiros” e o Lula Inflado estavam no cruzamento entre a Alameda Ministro Rocha Azevedo e a Avenida Paulista, a poucos metros do MASP. Mas nenhum inflado contra Michel Temer. Nenhum discurso pedindo seu impeachment. O novo vilão da turma é Renan, enquanto as porradas contra o ex-presidente servem pra lembrar que eles continuam antipetistas, mesmo com o PT fora do governo.

Se alguém tinha dúvida ou esperança de que os manifestantes de direita finalmente se tocaram das falcatruas do governo golpista ou mesmo sobre a seletividade do juiz Moro, 15 minutos eram suficientes para desfazer a esperança. As pautas eram claras e estavam num carro de som do movimento Vem Pra Rua: apoio irrestrito à Lava Jato, fim do foro privilegiado e defesa das 10 Medidas Contra a Corrupção criadas e por Deltan Dallagnol e cia. Outros temas apareceram, como cartazes contrários à legalização do aborto, a favor de intervenção militar. O público que foi às manifestações não se diferenciou muito daquele que se mobilizou para derrubar o governo Dilma, na avaliação de alguns observadores.

Tanto o Vem Pra Rua quanto o Movimento Brasil Livre, os dois principais grupos que convocaram as manifestações, apoiam medidas do governo como a PEC do Teto, proposta de emenda à Constituição que cria um limite de gastos do governo por um prazo de 20 anos.

A manifestação realizada na Esplanada dos Ministérios, em Brasília/DF, pode ser resumida em apenas duas palavras: monumental fiasco. Segundo a PM – sempre condescendente com esse tipo de movimento – havia cerca de 5 mil pessoas. Para os organizadores – sempre descolados da realidade – seriam em torno de 15 mil. De qualquer forma, por mais inflado que possa ter sido, o número de participantes não chegou a 10% dos verificados nas manifestações anteriores, quando Dilma e o PT eram os alvos de seus impropérios.

O conversa Afiada divulgou duas fotos, uma da manifestação de 29/11, contra a PEC 55, e outra da manifestação de ontem, evidenciando a diferença de tratamento da PM nos dois protestos. Na primeira foto, a repressão descontrolada ocorrida em 29/11. Na segunda, manifestantes circulam tranquilamente pelo gramado da Esplanada

De acordo com Tereza Cruvinel, esta semana veremos novos protestos, puxados pelos movimentos sociais de esquerda, contra a política econômica recessiva do governo e a PEC 55, sob o slogan “Fora Temer”. O racha do país volta a revelar sua extensão, apontando para a única saída consistente e segura, a convocação de eleições diretas.

Confira outros destaques:

1. Rui Falcão: Lula é nosso candidato em 2018 e não há plano B
O presidente nacional do PT, Rui Falcão, garantiu que o ex-presidente Lula é o candidato do partido à Presidência em 2018. Ele ainda garante que não há nenhum “plano B” para esta questão. “É uma exigência nacional, não só do PT, mas daqueles que veem nele um líder. (…) Quem pensa em plano B descarta o plano A”, explicou. Além disso, Falcão defende que Lula assuma o comando do PT. Leia mais aqui.

2. Dilma é nova presidenta do Conselho Curador da Fundação Perseu Abramo
A ex-presidenta Dilma Rousseff tomou posse da presidência do Conselho Curador da Fundação Perseu Abramo (FPA) na última sexta-feira (02/12). Em reunião na sede da entidade, em São Paulo, ela falou sobre a conjuntura política depois do seu impeachment, as consequências de uma possível eleição indireta, o que configuraria “o golpe dentro do golpe”. Dilma falou sobre as implicações para a perda de poder pelo Estado: “Quando o Estado e a política ficam irrelevantes, a direita aparece”. Leia mais aqui.

3. STF aceita denúncia e torna Renan Calheiros réu pela primeira vez
Por oito votos favoráveis e três contrários, os ministros do Supremo Tribunal Federal aprovaram o recebimento parcial da denúncia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB). O senador é acusado de de pagar com recursos ilícitos pensão a uma filha entre 2004 e 2006. Essa é a primeira vez que Renan Calheiros se torna réu em ação penal no STF. Leia mais aqui.

4. Nota do PT em repúdio à suspensão da Venezuela do Mercosul
Na quinta-feira 1º de dezembro, os governos da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai decidiram pela suspensão da Venezuela do Mercosul, sob o argumento de que o país não cumpriu o prazo para a internalização de todas as normativas e acordos do bloco, estipulado em sua adesão em 2012. Vale recordar que este mesmo argumento foi utilizado em agosto para impedir a transmissão da presidência pro tempore para a Venezuela, em desrespeito à rotatividade determinada pelo Tratado de Assunção. O Partido dos Trabalhadores repudia veementemente esta decisão. Defendemos o fortalecimento institucional do Mercosul. Leia mais aqui.

5. Lindbergh vai para cima de Moro: “Não deixa de ser interessante vossa presença para discutir abuso de autoridade”
Em debate no Senado para discutir abuso de autoridade, com a presença do juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, o senador Lindbergh Farias o questionou sobre arbitrariedades cometidas na condução das investigações. “O senhor fala muito dos EUA. Imagina um juiz de primeira instância do Texas gravar e divulgar uma conversa entre o Bill Clinton e o Barack Obama? O que aconteceria com ele?” Moro não respondeu. Leia mais aqui.

6. Corte do Bolsa Família para quem tem filhos contratados como aprendizes ou estagiários
O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, anunciou que a partir de agora as famílias do Bolsa Família que tem filhos aprendizes ou estagiários, serão cortados do Bolsa Família. Esse é um cruzamento inédito nas bases de dados do programa que sob a justificativa de fazer um “pente fino” em benefícios indevidos, vai prejudicar várias famílias pobres. Leia mais aqui. Confira outras notícias do Alerta Social aqui.

7. Prefeitura de São Paulo vence Prêmio Mayors Challenge 2016, da Bloomberg Philanthropies
A cidade de São Paulo recebeu na última quarta-feira (30) em Ciudad del Mexico o Prêmio Mayors Challenge 2016, promovido pela Bloomberg Philanthropies. A ação, que recebeu inscrição de 290 cidades, buscava iniciativas municipais ousadas que promovam o desenvolvimento urbano sustentável. Como vencedora, a capital paulista recebeu um aporte de US$ 5 milhões da entidade para implementar o projeto apresentado. Leia mais aqui.

8. Documentos desmentem Temer: AGU apoiou decisão do Iphan
A Advocacia-Geral da União (AGU) já havia se manifestado a favor da decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em relação ao edifício La Vue, pivô da crise do governo golpista de Michel Temer e responsável pela demissão dos ministros da Cultura, Marcelo Calero, e da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima. A informação divulgada pela “BBC Brasil” contradiz a justificativa de Temer, que teria sugerido que o órgão fosse acionado para solucionar impasse entre os ex-ministros Geddel e Calero. No dia 9 de novembro, parecer da procuradoria do Iphan, instância que representa a AGU no órgão, era favorável à manutenção do embargo à construção de um edifício de 30 andares em área histórica de Salvador/BA. Leia mais aqui.

9. Está no ar a base de dados do Centro Sérgio Buarque de Holanda, da Fundação Perseu Abramo

O Centro Sérgio Buarque de Holanda, da Fundação Perseu Abramo, abriga praticamente todo o acervo do Diretório Nacional do PT produzido anteriormente a 1989, e alguns conjuntos que avançam até os anos 2000. Além destes, possui arquivos de instituições com as quais o PT manteve relação ao longo de sua trajetória, arquivos pessoais de dirigentes e militantes que integram ou integraram o partido, e outras coleções. A disponibilização online deste acervo se inicia pelo conjunto de fotos e cartazes, bem como registros da Bibliografia Comentada do PT, que reúne referências bibliográficas sobre o Partido, e também da produção bibliográfica do CSBH em PDF, perfazendo cerca de 50 mil registros. Confira aqui.

10. Assista a reportagens pela TVT

Na TVT, você assiste às reportagens e coberturas sobre os principais temas tratados pela mídia, com uma visão progressista e independente. Acesse pelo site, Facebook ou canal do Youtube da TVT.

Curso de transição para prefeitos(as) eleitos(as)

A Escola Nacional de Formação do PT está preparando o Curso para Prefeitos(as) Eleitos(as). A realização do curso teve início em dezembro. No curso, são apresentadas as regras para a transição, entre outros temas de interesse de uma gestão petista.

Campanha de apoio ao Nexo Jornal, Carta Maior, Caros Amigos, Opera Mundi, Democratize e Socialista Morena

Contribua com o jornalismo independente e a liberdade de expressão, assinando o Nexo Jornal, os boletins da Carta Maior e a revista Caros Amigos, bem como apoiando o Opera Mundi, o Democratize e o blog Socialista Morena.