s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Em Pauta Conjuntura: A precarização do trabalhador
1) Empresários vencem e Câmara aprova texto-base do PL da Terceirização
Apenas PT, PCdoB e Psol votaram contra a proposta, que tramita há 11 anos no Congresso. 
 
A principal polêmica entre as que o PL provoca é a terceirização em todas as atividades das empresas. Na avaliação de centrais sindicais, representantes do Judiciário e entidades diversas da sociedade civil, a autorização resultará em perdas salariais e sociais dos trabalhadores.
 
 
2) Petistas repudiam e combatem projeto que autoriza a terceirização indiscriminada
 
A Bancada do PT na Câmara, em conjunto com o PCdoB e o PSol, além de parlamentares isolados de outros partidos, tem atuado intensamente para derrotar o projeto de lei (PL 4330/04) que facilita a terceirização e fragiliza os direitos dos trabalhadores.
 
 
3) ‘PL da terceirização é atrocidade’, diz presidente da CUT
 
Vagner Freitas denuncia a desregulamentação do mercado de trabalho e pede fim do financiamento privado de campanha para conter influência política do empresariado e ataques aos direitos trabalhistas.
 
 
4) Rosseto diz que lei da terceirização ‘não é boa para o país’
 
O ministro Miguel Rossetto (Secretaria-Geral) publicou nota oficial nesta quarta (8) em que critica o projeto de lei aprovado pela Câmara que regulamenta a terceirização no país; “O projeto é ruim, pois permite que toda relação de trabalho seja terceirizada, portanto, precarizada. Reduz os salários e os fundos de seguridade social. Não é bom para os trabalhadores. Não é bom para o país”.
 
 
5)  Votação do Projeto de Lei 4330 pode ser travada por MP
 
O PT está encaminhando ao Superior Tribunal Federal (STF) um mandado de segurança pedindo o adiamento da votação do PL 4330. Medida provisória 661 não foi apreciada pelo Congresso, o que torna inconstitucional a votação do PL.
 
 
6) Em inserções de rádio e TV, PT reforça compromisso com o Brasil
 
O PT  reforça, em inserções de rádio e televisão divulgadas nesta terça-feira (7), o compromisso, por meio dos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta Dilma Rousseff, em governar para todos os brasileiros. Além disso, a legenda relembra, nas inserções nacionais, as conquistas do povo brasileiro nos últimos anos, como o acesso à universidade, a ampliação dos direitos e também a luta pelo combate à corrupção.
 
 
7) Dilma: minha campanha não teve dinheiro de corrupção
 
A presidente Dilma Rousseff afirmou em entrevista levada ao ar nesta quarta (8) pelo canal em espanhol da emissora norte-americana CNN que tem “certeza” de que sua campanha eleitoral não recebeu dinheiro do esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.
 
 
8) PT indica nomes para comissão especial da maioridade penal
 
A bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados indicou os nomes das deputadas Erika Kokay (PT-DF), Margarida Salomão (PT-MG) e Maria do Rosário (PT-RS) para titulares da comissão especial que debaterá a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 171/93) que sugere a redução da maioridade penal.
 
 
9) Os roedores, o incendiário e a lava jato
 
“Os nossos procuradores da Lava-Jato seguem a seguinte filosofia: para eliminar os ratos, deve-se colocar fogo no paiol. No caso, o paiol é o Brasil.” 
 
 
10) US$ 70 bi da Shell mostram o valor real do pré-sal
 
O maior negócio anunciado no mundo em 2015, a compra do BG Group pela Shell por US$ 70 bilhões, tem como pano de fundo o petróleo brasileiro; no comunicado ao mercado, a empresa anglo-holandesa afirmou que, após a aquisição, poderá saltar de uma produção de 52 mil barris/dia de petróleo para mais de 550 mil barris/dia.