Petista quer aprovar financiamento público de campanha

Responsável pelo relatório da Reforma Política, o deputado Henrique Fontana (PT-RS), está empenhado em ver aprovados pontos como o financiamento público de campanha. “O centro da modificação que estou propondo, que considero a questão mais importante estruturalmente para a democracia brasileira, é o financiamento público exclusivo de campanha, com forte redução nos custos de campanha”.

Entre os argumentos de Fontana está que as campanhas atualmente não colocam os candidatos em igualdade de condições na disputa. “As campanhas no Brasil têm custos cada vez mais elevados, muita técnica de marketing, muito volume de campanha na rua. E a população, a cidadania, precisa de eleições mais voltadas para as questões dos programas, das ideias, dos projetos”.

Outro motivo para o financiamento público de campanha é a relação de independência dos políticos em relação aos empresários. “Não me parece razoável um sistema que a cada quatro anos, os futuros tomadores de decisão, os futuros eleitos tenham que bater a porta de todos os financiadores pedindo recursos para campanha. Gerando uma situação realmente que não é a mais adequada para a democracia. Evidente que a corrupção não tem múltiplas causas, mas eu não tenho dúvidas de dizer que o financiamento público exclusivo é uma arma muito eficaz e muito poderosa para combater a corrupção, para ajudar no combate a corrupção alem de qualificar os mandados e dar mais independência para os futuros eleitos”, argumenta Fontana.

Foto: Ricardo Weg/PT

Fonte: Site do PT