Publicado no site do PT em 16/03/2013
 
Por Fabrícia Neves – Portal do PT
 
 

Imagem: Richard Casas

 

A parte da tarde,do primeiro dia do evento contou com a participação da ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci, que na ocasião, dialogou e informou as prefeitas, vice-prefeitas e vereadoras sobre a importância e os desafios das políticas públicas para as mulheres nos governos.
“Eu me dedico para representar todas vocês no ministério e este Encontro é um instrumento importantíssimo que fortalece as políticas para as mulheres e fortalece também a cada dia as mulheres do PT”, declarou Menicucci.
Eleonora destacou os avanços e a efetivação de políticas públicas para s mulheres que foram implementadas, principalmente, na administração da gestão petista.
“Quero ressaltar que, esta semana, a presidenta lançou o Programa Mulher: Viver sem Violência. O programa vai destinar R$ 265 milhões em ações para combater o preconceito e a violência contra as mulheres”, falou a ministra.
Menicucci ainda enfatizou a atenção que a presidenta da República, Dilma Rousseff destina em seu Governo as mulheres brasileiras.
“A presidenta também esta se dedicando para efetivação de políticas para as mulheres tanto que ela se preocupou em lançar um programa de Estado e não de Governo, que ela espera que seja aprovado no Congresso, para que o programa permaneça mesmo, quando houver mudança de governo” ,informou Eleonora.
Para finalizar a ministra destacou que é fundamental investir em políticas públicas voltadas para as mulheres, assim como investir também em Campanhas de conscientização,pois segundo ela, “não haverá uma sociedade democrática enquanto houver a discriminação de igualdade de gênero”.

A ex-secretária de Mulheres e atual secretaria de participação Social de Caruaru no estado de Pernambuco, Louise Caroline também participou da mesa de debate junto com a ministra e destacou a necessidade de construir políticas sócio-econômicas efetivas.

“A inclusão social é uma das metas do PT, mas nós precisamos ter também a inclusão política. Precisamos disputar uma nova política hegemônica ideológica, disputar a consciência da sociedade. Porque sem uma inclusão política não teremos uma inclusão social plena”, declarou Louise.

De acordo com a secretária é preciso “incluir valores diferentes na relação entre homens e mulheres”, ela ainda destaca, que o que diferencia o Partido dos Trabalhadores dos demais Partidos, é justamente a integração do modo petista de Governar com o modo petista feminista de governar e legislar.

“Temos que acabar com o machismo, pois só com a superação do machismo é que teremos uma igualdade real. Porque é com uma nova consciência que vamos conseguir transformar a violência contra a mulher”, ressaltou Louise Caroline.

Na ocasião foi realizada uma homenagem póstuma a Secretária Estadual de Políticas para Mulheres do estado do Rio Grande do Sul, Márcia Santana que seria uma das palestrantes desta mesa e que com pesar veio a falecer no decorrer desta semana. 

“Márcia se ausenta pela sua forma, mas está presente pela sua luta hoje e sempre. Presente!”.