No dia 25 de maio, a Escola Nacional de Formação do PT realiza o curso temático “Geopolítica do Petróleo”, com o presidente da Petrobras entre 2005 e 2012, José Sérgio Gabrielli, e o coordenador nacional da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel.

Além de trazer um breve histórico sobre a relevância do petróleo após a Segunda Guerra Mundial, a criação da Petrobras na década de 1950, o Estatuto do Petróleo e a política dos militares para a Petrobras, o curso vai tratar de temas, como: a Constituinte e o conflito em torno do monopólio da exploração do petróleo; a Lei nº 9478, criada durante o governo Fernando Henrique Cardoso, que acabou com o monopólio sobre a exploração do Petróleo; a retomada e a defesa do sistema Petrobras nos governos Lula e Dilma, com a criação do regime de partilha, a descoberta e a importância do pré-sal, o marco regulatório do petróleo e a política de conteúdo nacional; o lugar do Brasil no contexto de produção de petróleo e gás; e as consequências do golpe e da privatização da Petrobras para a economia nacional.

Também será abordada a criação da Federação Única dos Petroleiros, a oposição dos petroleiros à política neoliberal do governo FHC, a defesa da soberania nacional e da Petrobras durante os governos Lula e Dilma e a luta dos petroleiros contra a privatização de setores estratégicos da empresa pelo governo golpista de Michel Temer.

O curso será transmitido ao vivo, em conjunto com a Fundação Perseu Abramo, das 19 às 21h30, na página da ENFPT e da FPA no Facebook. Para assistir presencialmente, é necessário inscrever-se pelo e-mail cristina.formacao@fpabramo.org.br.