s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Reforma política: Petista comemora pesquisa, mas lamenta falta de vontade política do Congresso

O deputado Artur Bruno (PT-CE) usou a tribuna da Câmara para celebrar os dados da pesquisa feita pelo Ibope, encomendada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que aponta o desejo da maioria da população por uma reforma política abrangente e de aplicação imediata.

De acordo com a pesquisa, 85% dos entrevistados defendem a realização de uma reforma política e, 84% são favoráveis à aplicação já em 2014. Apesar desse anseio, explica o deputado, o Congresso Nacional terá “muita dificuldade” de fazer uma reforma que valha para o próximo ano. “É preciso dizer claramente ao povo brasileiro que essa reforma não será para 2014 porque o Congresso Nacional, na sua maioria, não tem essa vontade política”, lamentou Artur Bruno.

O parlamentar defendeu a realização do plebiscito sugerido pela presidenta Dilma Rousseff no último mês de junho. De acordo com o petista, essa consulta popular daria a oportunidade da população dizer qual a reforma político-eleitoral que deseja.

Esse pensamento coaduna com a vontade de 92% dos pesquisados que se posicionaram favoráveis à participação popular na elaboração da reforma política a partir de um projeto de iniciativa popular.

“Lamentavelmente, nós vamos chegar às eleições de 2014 com as mesmas regras que existem hoje, por omissão do Congresso Nacional. Não fomos capazes de encontrar saídas, ou consensos, ou mesmo maiorias para aprovarmos a reforma político-eleitoral que a sociedade brasileira exige”, alertou o petista.

Foto: PT na Câmara

Fonte: Site do PT na Câmara