s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Laisy Morière: “A reforma política é a única maneira das mulheres terem mais participação

Secretária Nacional de Mulheres do PT diz que partido vai passar por transformação com a paridade de gênero nos cargos de comando.

No Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quinta 08 de março, a Secretária Nacional de Mulheres do PT, Laisy Moriére, fez um balanço sobre os avanços e desafios para aumentar a participação das mulheres na política. Laisy também falou sobre as ações para tornar a sociedade brasileira mais equilibrada em relação aos direitos da mulher.

Sobre a lei aprovada recentemente no Senado, que pune com multas as empresas que pagarem menores salários para mulheres – em relação aos salários pagos aos homens que desempenham a mesma função – a secretária pondera que a medida é bem-vinda, mas é preciso observar se será colocada em prática. “Tem pesquisa do IBGE que diz que 75% das mulheres que fazem o mesmo trabalho dos homens ganham 70% dos salários deles. A lei é bem-vinda para corrigir essa distorção que existe na sociedade”, ponderou.

Paridade de gênero nos PT e na sociedade: marco histórico x desafios

A secretária reconhece que a participação das mulheres nos cargos de decisão aumentou muito desde que o direito ao voto feminino foi instituído no Brasil, há 80 anos.

O fato de Dilma Rousseff ter sido eleita presidenta da República e escolher nove ministras para pastas estratégias do governo é uma demonstração desse avanço, mas é preciso ir além. A baixa participação das mulheres no Poder Legislativo – menos de 20% na média das assembleias e do Congresso Nacional – é  um dos entraves para a igualdade de gêneros nos cargos de poder.  “A única maneira das mulheres terem acesso aos cargos no legislativo é com a reforma política. Defender voto em lista partidária, pré-ordenada por sexo, com paridade. Isso pode levar o aumento das mulheres nas câmaras municipais, Congresso, Câmaras de Vereadores. A luta das mulheres deve ser permanente enquanto não fizermos reforma política” – afirmou.

Laisy destacou o pioneirismo do Partido dos Trabalhadores em adotar uma resolução, durante o 4º Congresso Nacional do PT, que garante às mulheres petistas o direito de ocuparem metade de todos os cargos de direção. “O PT vai passar por uma transformação radical como partido político. A partir do momento que aprovamos a paridade, isso vai dar uma outra visão de partido. Acho que o PT vai crescer muito. Mais uma vez ele inovou, com bastante ousadia. E mostra pra sociedade brasileira que a paridade é possível, é algo que nós podemos alcançar”, finalizou.

Fonte: Site do PT