s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Fontana defende votação de reforma política no primeiro semestre deste ano

Em pronunciamento no plenário da Câmara, o deputado Henrique Fontana (PT-RS) fez um apelo aos parlamentares para que, independentemente de preferências pessoais, negociem um acordo que viabilize a votação da reforma política ainda no primeiro semestre deste ano. Segundo ele, o desgaste em torno do exercício da atividade política torna o tema prioritário para a apreciação da Câmara.

“Estamos nas fronteiras da criminalização da política, da deslegitimação da política, e do trabalho fundamental e estratégico que exercem os parlamentares, e também aqueles que dirigem os Executivos”, alertou Fontana. Ainda de acordo com o parlamentar, independentemente da posição a ser tomada pela Câmara, a sociedade já começa a coletar assinaturas para a apresentação de um projeto de iniciativa popular sobre o assunto.

O deputado Henrique Fontana, que foi o relator da Comissão Especial da Reforma Política, destacou que já conversou sobre o assunto com o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) que assumiu o compromisso de colocar a reforma em votação. O petista defendeu ainda um formato de apreciação que permita aos parlamentares votarem os itens da reforma separadamente.

“Ganhar ou perder uma votação dessas é o que eu mais quero. O que nós não podemos mais é postergar o ato de votar e alterar o sistema político para melhor”, destacou Henrique Fontana. O deputado disse ainda que a adoção da reforma política poderá trazer mais credibilidade para o exercício do mandato parlamentar.

Financiamento Público- Como ponto central da reforma, Fontana reafirmou a defesa da adoção do financiamento público e exclusivo, “com forte redução dos custos de campanha para mandatos mais independentes”. Para ele, o novo sistema vai reduzir “o grande poder econômico que hoje financia a política” e contribuir para “a igualdade de todos na democracia”, finalizou.

Fonte: Site do PT