s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Em Pauta Conjuntura: Reforma Política

A Secretaria Nacional de Organização e a Escola Nacional de Formação estão convocando um amplo processo de debate pré-congressual a respeito dos temas da conjuntura atual, para preparar a nossa militância para as Etapas Municipais e Estaduais do 5º Congresso e para a ação política de todos os Diretórios Municipais, Estaduais e de todos os setoriais do PT.

Neste momento, em que diferentes setores da direita brasileira, por meio de métodos autoritários e golpistas, afrontam a democracia e o Estado de Direito, desqualificam a atividade política para continuar beneficiando uma elite social que favorece os interesses dos grandes rentistas, atacam frontalmente o governo da presidenta Dilma, que venceu as eleições livres com 52% dos votos, é muito importante que a discussão sobre a conjuntura nos diretórios, núcleos e mandatos do partido seja retomada e ampliada com o vigor necessário. Nosso objetivo é fortalecer a capacidade de leitura, interpretação, elaboração de nossos/as militantes, filiados e filiadas, contribuindo para uma forte ofensiva política voltada ao diálogo com a sociedade e à ação política do PT em cada lugar. 

Para isso, a Escola Nacional de Formação do PT está produzindo o “Em Pauta Conjuntura”, que apresenta roteiros para leitura de artigos divulgados no portal do PT Nacional, no Portal da Fundação Perseu Abramo, no site da liderança da bancada do PT na Câmara Federal, no site do PT no Senado, no portal do Instituto Lula e em portais e blogs de esquerda e progressistas, sempre que os artigos contribuírem para a compreensão de temas importantes para o País em coerência com a política do PT. O boletim será diário e distribuído pela Secretaria Nacional de Organização.

Com estas ações, podemos criar um ambiente ideal para ampliarmos a nossa mobilização em cada cidade do Brasil. Esta é uma vantagem que nenhum outro partido possui. Precisamos trazer os nossos mais de 1,7 milhão de filiados e filiadas para a disputa política.

Clique aqui e confira as orientações e o roteiro para a realização dos debates!

 

1. Atos criminosos individuais podem comprometer 1 milhão de empregos

Recomendamos a leitura da notícia “Gabrielli: Atos criminosos individuais podem comprometer 1 milhão de empregos”, disponível do portal do PT na Câmara, na qual o ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, alerta que as denúncias de corrupção envolvendo ex-gerentes da empresa podem comprometer o setor de petróleo e gás e, consequentemente, a economia brasileira. Gabrielli também destaca que não era possível detectar atos de corrupção, a partir de procedimentos internos, por conta de regras definidas pela estatal. Por isso, a Petrobras contratou uma investigação paralela para apurar as denúncias.

2. Caso HSBC

Ainda no portal do PT na Câmara, indicamos também a leitura da entrevista com o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), “Caso HSBC escancara hipocrisia e moralismo de ocasião da mídia e de parte da sociedade, diz Pimenta”. De acordo com Pimenta, a divulgação do Caso HSBC, que ficou conhecido nas redes por “Suiçalão”, é importante para escancarar a hipocrisia e o falso moralismo da grande mídia e de parte da sociedade brasileira, em relação à corrupção. O parlamentar, inclusive, já solicitou ao Ministério da Justiça e à Procuradoria-Geral da República a investigação do esquema, cujo volume no mundo ultrapassa a casa de 100 bilhões de dólares e, só no Brasil, gira em torno de 20 bilhões de reais.

3. Brasil adquire identidade própria no exterior

Do portal Opera Mundi, destacamos o artigo “Antes exótico e desconhecido, Brasil adquiriu identidade própria sob olhar estrangeiro, diz escritor”, no qual o escritor e jornalista Daniel Buarque discute a mudança da visão sobre o Brasil no exterior, afirmando que não existe mais a ideia de que somos apenas mais um país latino, mas sim passamos a ter visibilidade e ser entendido por termos nossa própria cultura, sociedade e economia. De acordo com Buarque, a razão dessa mudança da identidade brasileira no exterior se deu por conta da visibilidade internacional que o país adquiriu, entre outras coisas, com o crescimento dos Brics (bloco econômico que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), protagonismo regional, a estabilidade em meio à crise econômica de 2008, além da expectativa pela Copa do Mundo (2014) e pelas Olimpíadas (2016).

4. Respeito ao resultado das eleições

No portal Brasil 247, recomendamos a leitura da notícia “Manifesto de senadores pede ‘respeito às urnas’”. A matéria traz a íntegra do manifesto “Pelo Brasil, pela Justiça e pela Democracia”, apresentado por nove senadores de diferentes partidos, apoiando o Ministério Público Federal nas ações envolvendo a ‘Operação Lava Jato’ e as denúncias de corrupção na Petrobras. Além disso, no manifesto, os senadores pedem: “Respeito integral às determinações da Constituição da República Federativa do Brasil, que emanam de uma Constituinte soberana, democrática e cidadã que estabeleceu, a partir de 1988, os fundamentos do Estado Democrático de Direito, ancorado na vontade suprema do povo brasileiro, consultado regularmente pelo voto livre e secreto de mais de 100 milhões de eleitores”.

As notícias, artigos e entrevistas destacados revelam a importância de se lutar por uma reforma política no Brasil, para que possamos melhorar o nosso sistema político-eleitoral e combater a corrupção sem seletividade, bem como recuperar a economia, sem prejuízos ao País e aos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

 

Clique aqui e confira outros conteúdos do Em Pauta Conjuntura!