s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Em Pauta Conjuntura: Perícia nega responsabilidade de Dilma

A semana começou com a Perícia do Senado afirmando que a Presidenta eleita, Dilma Rousseff não foi responsável pelas “pedaladas”. A junta, que é formada por consultores do próprio senado, anasilou tecnicamente a denúncia do impeachment e concluiu exatamente aquilo que o ex-Advogado Geral da União, Eduardo Cardozo, vinha afirmando.

Rui Falcão em sua coluna semanal no portal do PT, afirmou que “apesar das sucessivas tentativas da classe dominante nestes 36 anos, o partido continuará vivo”. O artigo foi motivado pela ação da Polícia Federal que foi realizar uma busca de documentos na sede do PT, fortemente armados e, claro, acompanhados de um carro da TV Globo.

A Polícia Federal chegou à sede do partido com uniforme camuflado, com armamento pesado, como se fossem enfrentar uma guerra. Obviamente a forma como a ação se deu foi para criar manchete e espetáculo. A jornalista Cynara Menezes, em seu portal, afirmou “para completar o revival, só faltaram os tanques”, numa referência à ditadura militar, que perseguia partidos de esquerda.

Mas nada disso foi suficiente para amenizar a situação do golpista Michel Temer. O instituto Ipsos – empresa francesa que é, hoje, o terceiro maior instituto de pesquisas do mundo – mostrou que após o golpe, 70% dos brasileiros rejeitam o interino. No mesmo período os indicadores a respeito do governo Dilma Rousseff apresentaram melhora.

Para o senador – e candidato derrotado em 2014 – Aécio Neves, a situação também não está fácil. Depois de bater recorde de citações entre os delatores da Lava Jato, o tucano agora é acusado de cobrar propina em construção da “Cidade Administrativa” – sede oficial do governo do Estado de Minas Gerais. A delação desta vez partiu do empresário Léo Pinheiro (OAS). E a tendência do senador é ter ainda mais problemas com a justiça. Alguns jornalistas publicaram a informação de que Marcos Valério teria decidido delatar Aécio, informando que ele teria maquiado dados do Banco Rural, quando ainda era governador de Minas Gerais.

Agenda

A ENFPT segue com os cursos de formação para Pré-Candidatos(as) às eleições 2016, confira as próximas datas:

  • 30 de junho – Acre (Mâncio Lima)
  • 1 e 2 de julho – Pará (Santarém)
  • 2 de julho – Acre (Rio Branco)
  • 2 de julho – Minas Gerais (Coronel Fabriciano)
  • 2 de julho – Minas Gerais (Montes Claros)
  • 8 e 9 de julho – Mato Grosso do Sul (Campo Grande)
  • 8 e 9 de julho – Pará (Marabá)
  • 8 e 9 de julho – Pará (Belém)
  • 15 e 16 julho – Espírito Santo (Vitória)
  • 15 e 16 de julho – Rondônia (Porto Velho)
  • 16 e 17 de julho – Mato Grosso (Cuiabá)
  • 16 e 17 de julho – Sergipe (Aracajú)
  • 22 e 23 de julho – Rondônia (Cacoal)
  • 23 e 24 de julho – Pernambuco (Recife)

As inscrições devem ser feitas nos Diretórios Estaduais.

Acontece nesta sexta-feita a conferência “Em defesa de uma política externa ativa e altiva”, com o embaixador Celso Amorim: