s

Para acessar a área restrita use suas credenciais da Área PT

 Login

Mesquita aceita o desafio da coleta seletiva
Por Maria Lúcia Martins, publicada na Revista Teoria e Debate - Especial Cidades, em 5/5/2012.

O Programa de Coleta Seletiva Solidária do município de Mesquita, iniciado em 2006, é referência no estado do Rio de Janeiro por seguir as diretrizes do Movimento Nacional dos Catadores, por envolver os catadores no Planejamento Participativo e pelo seu caráter de política pública. Sob a coordenação da Secretaria de Meio Ambiente, reúne recursos humanos e técnicos das secretarias de Educação, Saúde, Ação Social, Cultura e Urbanismo.

Para levar adiante o desafio de implantá-lo, o prefeito Artur Messias da Silveira nomeou secretária do Meio Ambiente Kátia Perobelli, mestre em Ciências Ambientais e doutoranda em Planejamento Urbano e Regional – além de mesquitense da gema, nascida e criada a poucas ruas da prefeitura. Desde 2005 Kátia compartilha saberes com sua equipe e com os catadores do município, em uma interação dinâmica e criativa.

Clique aqui para continuar lendo.