O maior desafio da Previdência que precisamos superar é a inversão da pirâmide em função de a população estar vivendo mais. “Essa discussão faz parte de todos nós e do futuro do país”, afirmou no evento “Desafios do Modo Petista” (que aconteceu em Porto Alegre, em maio de 2012), o procurador federal João Ernesto Aragonés.

O Brasil tem um terço dos trabalhadores excluídos da previdência social, mas a maior cobertura previdenciária da América Latina. “A Previdência Social está ligada com a formalização do mercado de trabalho”, afirmou.

Já para o diretor do departamento interfederativo do ministério da Saúde, André Bonifácio, os planos municipais de saúde precisam ser construídos em conjunto com toda a sociedade: “Temos que incluir as minorias no plano de governo, como os ribeirinhos e os quilombolas”.

Outro tópico que ele abordou foi a relação necessária entre as áreas: “Não existe saúde de qualidade sem uma boa alimentação, cultura, educação”. Segundo ele, tem que estar no plano de governo de qualquer candidato o fortalecimento da qualificação dos profissionais da saúde e estímulo à prática de exercícios físicos.

Consultor da presidência da CEF confia nos candidatos do PT

No Seminário Nacional Desafios do Modo Petista de Governar, realizado em Porto Alegre (RS), o consultor da presidência da Caixa Econômica Federal, Vicente Trevas, declarou aos candidatos do Partido: “Estamos muito confiantes e acho que o Brasil vai ganhar muito com vocês governando as nossas cidades”.  Para o programa de governo, ele afirmou que é preciso entender as especificidades de cada região. “Temos que transformar as cidades em grandes espaços de inclusão e principalmente coesão social”.


Carmel Mostardeiro – direto de Porto Alegre, especial para o Portal do PT

Clique aqui para ver a publicação original.