Você está aqui

Balanço da Escola Nacional de Formação do PT

-A +A
Quando: 
10 Fevereiro, 2014
Publicado em: 
10 Fevereiro, 2014

 

A Escola Nacional de Formação do PT foi criada no 3º Congresso do Partido dos Trabalhadores, em 2007 (http://www.pt.org.br/arquivos/Resolucoesdo3oCongressoPT.pdf#page=49). A primeira indicação de criação de uma Escola Nacional aconteceu em 1990 no 7º Encontro Nacional.

A Escola Nacional do PT tem como objetivo: “Garantir, em primeiro lugar, que os processos de formação, por seu conteúdo teórico-político e por sua metodologia, contribuam para que os militantes se tornem sujeitos da formulação, das decisões e de uma ação política transformadora tanto junto aos movimentos sociais quanto no plano institucional.”

A Escola Nacional de Formação está voltada à formação de seus militantes, a saber:
1. Novos filiados e militantes de base;
2. Dirigentes e integrantes das instâncias partidárias e setoriais;
3. Parlamentares, gestores públicos, militantes que atuam em governos dos quais o PT participa.
4. Petistas que atuam nos movimentos sociais.
5. As direções poderão, quando considerarem conveniente, realizar convites específicos para simpatizantes participarem das atividades a serem organizadas em cada região.

 

Princípios e concepção teórico-metodológica

A concepção teórico-metodológica das atividades de formação segue a decisão do 3° Congresso, que diz (http://www.pt.org.br/arquivos/Resolucoesdo3oCongressoPT.pdf#page=8): “os processos de formação, por seu conteúdo teórico-político e por sua metodologia, devem contribuir para que os militantes se tornem sujeitos da formulação, das decisões e de uma ação política transformadora tanto junto aos movimentos sociais quanto no plano institucional. Para tanto, a experiência de nossos militantes, em todas as dimensões, deve ser valorizada e considerada”.

Fundamentada nestes parâmetros de formação de sujeitos capazes de formular e desenvolver o pensamento crítico, a Escola Nacional de Formação define suas opções metodológicas  a partir do projeto político do PT, seguindo, por princípio dos processos de formação, o socialismo democrático.

 

Composição

A sua Diretoria Executiva é composta pelo(a) titular da Secretaria Nacional de Formação do PT, pelo(a) titular do Núcleo de Formação da Fundação Perseu Abramo e mais dois membros indicados pelo Conselho e pelo Diretório Nacional.

O Conselho  é composto por 16 membros, sendo um(a) titular da Secretaria Nacional de Formação do PT, um(a) titular do Núcleo de Formação da Fundação Perseu Abramo e outros 14 membros indicados pelo Diretório Nacional, sendo 9 necessariamente do DN e 5 membros filiados(as), com experiência e contribuição reconhecida ao PT. Confira o arquivo do Regimento da Escola no final do Balanço.

Tanto a Diretoria quanto o Conselho da Escola Nacional de Formação são compostos respeitando-se a paridade de gênero.

A Escola Nacional de Formação também possui uma equipe constituída por  uma coordenadora, formadores(as), consultores(as) e colaboradores(as), responsáveis pelo desenvolvimento e realização dos cursos. Em cada estado, além das atribuições dos secretários, estamos estruturando os coletivos de gestores de formação, dedicados a concretizar o Plano Nacional e Planos Estaduais de Formação Política, por meio de um processo de integração que ocorre nas comunidades de práticas de gestores e de secretários. A Escola conta ainda com profissionais de comunicação, design, tecnologia e educação, que cuidam da educação online, atuando na atualização permanente da área aberta do Portal ENFPT e na navegabilidade dos cursos disponibilizados na área exclusiva para filiados (as).

 

Organização dos cursos

Com base nos princípios, nas concepções metodológicas aprovadas pelo partido, na produção política e na experiência no PT nos seus 34 anos são organizados os currículos, os conteúdos  e a metodologia,  dos cursos permanentes.

A Escola oferece um conjunto de cursos e jornadas permanentes, financiados com seu orçamento regular. Estes cursos têm periodicidade prevista. São eles:

1. Cursos para novos(as) filiados(as) e militantes de base

Apresenta para o(a) novo(a) filiado(a) a história e o programa político do PT, como o partido funciona, como participar dele, quais são os direitos e deveres do(a) filiado(a). Bem vindos e bem vindas ao PT!
A publicação e o vídeo foram produzidos para as plenárias com filiados realizadas em 2013, conforme as definições estabelecidas no Estatuto aprovado no 4º Congresso.

2. Jornada Nacional de Formação: para filiados(as), militantes e dirigentes

Propicia aos filiados(as) e militantes do PT a oportunidade de se apropriar de aspectos significativos da história do partido,do País e de sua produção política e teórica; de compreender a perspectiva do socialismo democrático e sustentável e as principais diretrizes do projeto nacional do PT.

3. Curso para dirigentes de instâncias partidárias e setoriais. Está em elaboração e, neste ano, será realizado com a Jornada Nacional de Formação.

4. Jornada Nacional de Formação da Juventude

5. Jornada Nacional  sobre Feminismo e Poder

Tivemos num primeiro momento um curso, agora temos uma Jornada, cujos conteúdos estão organizados em três módulos: Introdução ao Feminismo – as teorias feministas e as relações sociais de sexo; O Debate sobre o Feminismo no Movimento e no Partido; e Balanço da experiência do PT e novas perspectivas para um feminismo petista.

6. Jornada Nacional de Combate ao Racismo

A Jornada Nacional de Combate ao Racismo torna possível compreender a política sobre a questão racial desenvolvida pelo PT desde a sua fundação, bem como as experiências de organização e luta dos negros e negras do partido junto aos movimentos sociais, nos governo e parlamentos do País. Tem como objetivo formar o maior número possível de filiados(as) e militantes para combater a discriminação racial, qualquer forma de discriminação e afirmar o direito à igualdade.

8. Cursos para candidatos(as)

Contribui com o planejamento da campanha, a elaboração de programas de governo e das propostas de mandato parlamentar para os candidatos(as) do PT às eleições para executivo e legislativo, além de apoiar o fortalecimento do projeto político do partido.

9. Cursos para vereadores(as), prefeitos(as) e militantes de governos petistas

Contribui para o planejamento e desenvolvimento dos planos de governo e de atuação parlamentar, tendo como base as diretrizes e eixos conceituais comuns do Modo Petista de Governar e Legislar e do projeto do partido para o Brasil.

10. Jornada sobre a Questão Sindical (em elaboração)

11. Jornada sobre a Política Educacional do Partido dos Trabalhadores (em elaboração)

12. Jornada Nacional sobre a Questão Agrária (em elaboração)

13. Cursos temáticos (a partir de 2014)
 

 

Atividades de Formação

Só em 2008, foram  formados 495 prefeitos, vice-prefeitos e assessores. Em 2009, houve formação para os Vereadores, além de 9 Etapas Regionais da Jornadas Nacional de Formação e algumas etapas estaduais.  Naquele ano, mais de 1300 foram formados.

Em 2010, foram promovidas as Etapas  Estaduais, Municipais e Zonais da Jornada Nacional de Formação, envolvendo mais de 2600 pessoas.

Em 2011, as Oficinas preparatórias à realização  da Jornada de Combate ao Racismo e àquelas voltadas  ao Coletivo de Gestores de Formação atingiram mais de 800 filiadas e filiados.

Entre 2012 e 2013, foram promovidos Cursos para Pré-candidatos (Nacional e nos Estados), Cursos para Eleitos, Jornadas de Combate ao Racismo, Estaduais de Feminismo e Poder, formando mais de 6 mil filiados.

Temos registro da formação direta de mais de 13 mil filiados, entre 2001 e 2013. Vale ressaltar que não há registro numérico de muitas das etapas municipais da JNF realizadas, assim como das atividades de formação realizadas por mandatos parlamentares com o material produzido para a Jornada (cadernos, roteiro, apresentação em power point  e linha do tempo).

É importante destacar que, na construção dos cursos, a Escola se reuniu com as Secretarias Nacionais envolvidas. Na preparação dos cursos para candidatos (as) e prefeitos (as) e parlamentares eleitos, foram realizadas várias oficinas preparatórias com membros do governo e do partido,l visando analisar e avançar nas formulações e na elaboração do Modo Petista de Governar.  

 

Presença Online

A Escola Nacional de Formação do PT conta atualmente com dois portais.

Um de acesso aberto ao público geral, com foco em informações e temas nacionais, incluindo a área “Em Pauta”, na qual temas mais relevantes são discutidos e explicados em forma de roteiros didáticos. Alguns dos temas abordados são Reforma Política e Petrobras, entre outros.

Há também um portal exclusivo para filiados(as) do PT, onde são encontrados materiais para download dos cursos ministrados presencialmente pela ENFPT: Cadernos de formação, vídeos, entre outros materiais de suma importância para a formação política de nossos militantes.

Em 2013, o portal aberto teve mais de 43 mil visitantes únicos. Foram mais de 170 mil visualizações  nos artigos publicados. Deste número, 71% são novos visitantes, o que demonstra o enorme potencial de alcance do portal. Já a área exclusiva contou com mais de 73 mil visitantes únicos.

A ENFPT está presente também nas redes sociais. Nosso twitter conta com mais de 400 seguidores. A Fanpage da escola conta com mais de 4 400 opções “curtir”. Só em 2013, teve um alcance médio de 1100 pessoas por publicação e uma média de 8 novas opções “curtir” por dia.
 

Ano

Regiões/Estados

Partic.

 

2008

 

 

 

Prefeitos

7 regiões - 26 estados

(225 pref. 120 vices. 150 asses.)

495

 

 

 

 

495

2009

 

 

 

Vereadores

6 regiões - 19 estados

300

 

Jornada Nac. Formação

9 regiões - 26 estados

681

 

Jornada Estadual

Pará (PA-AP-MA)

RS

SP (DZ Freguesia)

PR

97

140

60

45

 

 

 

 

1.323

2010

 

 

 

Jornada Estadual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jornada Municipal e Zonal

AM

MS

MT

GO

MA

PE

ES

MG

BA

SP

SC

SP (DZ Casa Verde)

SP (DZ Sapopemba)

SP (DZ Guaianazes)

SP (Capela do Socorro)

SP (Cidade Ademar)

SP (Vila Mariana)

SP (Jabaquara)

SP (Emta-Penha-VMatilde)

SP (Campo Limpo)

SP (Santo Amaro)

SP (Vila Prudente)

SP (Pinh.But.Perd.Lapa)

SP (M Boi Mirim)

SP (São Mateus)

SP (Porto Feliz)

PA (Santarém, Baixo Amazonas, Altamira, Transamazônica, Xingu, Castanhal, Salgado e Estrada)

RS (São Jerônimo, Tramandaí, Camaquã, Esteio)

AC (Epitaciolância,Xapuri, Acrelândia, Rodrigues Alves, Bujari, Rio Branco-Reg. VII, Porto Acre, Taruacá, Mancio Lima,
Sena Madureira, Jordão)

RJ (Goytacazes, São Gonçalo, Regional2, Barra Mansa e Volta Redonda, Cabo Frio e Saquarema, Macaé)

RN (Jandaíra, Caraúbas, Macau, Mossoró, Assu, Alto Rodrigues, Santa Cruz, Polo Potengi,Apodi, Janduís)

MG (Governador Valadares, Contagem, Santana do Paraíso,

PR (Cambé)

GO (Anápolis, Trindade)

66

35

40

19

60

30

50

240

45

230

45

30

100

50

60

90

50

30

60

200

40

120

 

50

53

100

100

 

 

 

 

 

 

670

 

 

 

 

 

2.663

2011

 

 

 

Oficina p/ Jornada Combate ao Racismo (1)

Oficina p/ Jornada Combate ao Racismo (2)

Nacional

 

 

Nacional

26

 

 

58

 

Oficinas para Coletivo de Gestores de Formação

PI – TO – AM – MA – PA – MT – RO – PE – ES – RJ – MS – RS – MG – AP – RN – AL – AC – PR – BA – RR – GO – CE – SP (Pres.Prud, Sorocaba, SP, S.José Rio Preto) MG - DF

725

 

 

 

 

809

2012

 

 

 

Lançamento do Curso para Pré Candidatos

Nacional: Presidentes dos DR’s, Secretários/as Estaduais de Formação, Organização e/ou Assuntos Institucionais e/ou membros dos GTE’s dos estados, gestores de formação e coordenadores/secretários/as dos setoriais.

203

 

Cursos para Pré Candidatos nos estados

25 estados (700 municípios representados)

22 macros regiões de SP

 

3.500

 

Jornada Nacional para Combate ao Racismo

Nacional

100

 

 

 

 

3.803

2013

 

 

 

Curso para Eleitos

16 estados

480

 

Jornada Estadual Feminismo e Poder

25 estados + DF

1.040

 

Jornada Estadual

Combate ao Racismo

16 estados

800

 

 

 

 

2.320

Total Participantes

 

 

11.413

 

 

A Formação na Fundação Perseu Abramo antes da criação da Escola Nacional de Formação

O primeiro núcleo de formação política da Fundação Perseu Abramo foi criado em 2008,  mas a  Fundação Perseu Abramo já promovia atividades de formação desde 2001. A partir de 2003, foi designado um diretor responsável e uma coordenadora pela área de formação na Fundação.

Abaixo indicamos uma lista das principais atividades realizadas:

Curso a distância para vereadores – 2001, em parceria com a Secretaria Nacional de Formação  e a Universidade Nacional de Brasília
Curso / Encontro Nacional de Vereadores e Deputados Estaduais – 2003
Lançamento da Biblioteca Celso Daniel de Políticas Públicas – 2003, em parceria com SNAI
Seminário A democratização do Parlamento – 2005, em parceria com a Fundação Rosa Luxemburgo
Organização e participação dos Encontros Estaduais de Vereadores em PR, SC, MG, BA, SP e ES – 2005, em parceria com a SNFP e SNAI
Participação do Seminário de Formação e Planejamento da SNFP – 2006
Participação da Oficina sobre Metodologia realizada pela Secretaria nacional de Formação com o objetivo de: Realizar leitura crítica sobre a experiência de formação do PT; Discutir a criação da Escola Nacional de Formação do PT; Criar o Sistema Nacional de Formação do PT.
Realização do Seminário Nacional (preparatório às atividades de formação estaduais) de Formação para Vereadores – 2007
Participação na discussão do curso sobre Política Internacional – SRI, SNFP e Fundação Rosa Luxemburgo – 2007
Realização da formação de vereadores entre novembro e dezembro de 2008. Realização de seis cursos, compreendendo 19 estados, com a participação de 300 vereadores (as) – 2008
Região Norte
Rio Branco- Acre (AC, RO, RR);
Belém - PA (PA, AP, MA);
AM
Região Nordeste
Salvador – BA (BA e SE)
Recife – PE (PE, PB, CE, RN, PI, AL)
Região Centro-Oeste
Brasília – DF (MT, GO, MS, TO)
Região Sudeste
Belo Horizonte – MG (MG, ES)
São Paulo – SP (SP e RJ)
Curso para prefeitos e prefeitas eleitos, envolvendo 225 prefeitos (as), 127 vice-prefeitos (as) e 150 convidados (principalmente assessores dos governos). Curso realizado em cinco regiões doPpaís – 2008

 

Algumas das ações promovidas entre 2001 e 2009:

Produções de Vídeos

Passado e Presente: PT – 2001, em parceria com a SNFP
O PT faz história – 2003, em parceria com a SNFP
A Candidatura – 2004

Produção Escrita

Elaboração do Caderno O PT faz História (1ª versão) – 2001, em parceria com a SNFP
Elaboração da 2ª versão do Caderno O PT faz História – 2002, em parceria com a SNFP
Elaboração de proposta para formação a distância de vereadores – 2004
Elaboração de proposta de seminário sobre o parlamento e o poder local: Brasil – Alemanha – em parceria com a SNFP, SNAI e Fundação Rosa Luxemburgo – 2004
Produção da Revista Cidades Vivas, conjuntamente com a editora da FPA – 2004, em parceria com o Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) do Diretório Nacional do PT e Secretaria Nacional de Assuntos Institucionais
Edição do livro O Modo Petista de Ação Parlamentar – 2005
Envio de materiais para 2800 vereadores eleitos – 2005, livro O Modo Petista de Ação Parlamentar; livro Partido dos Trabalhadores: Resoluções de Encontros e Congressos & Programas de Governo: 1979-2002; além de livros e vídeos produzidos pela FPA
Reelaboração da proposta de formação de vereadores – 2005, em parceria com a PUC SP
Edição do livro Democratização do Parlamento – 2005
Elaboração do Projeto de constituição de Redes de Apoio e de Formulação Temática para Gestores e Parlamentares do PT – 2006. Em parceria com SNAI e Fundação Rosa Luxemburgo
Elaboração das Diretrizes para Elaboração de Programa de Governo e Metodologia

 

Quem somos

Diretoria

Carlos Henrique Árabe
Diretor da Escola Nacional de Formação do PT e membro da Executiva Nacional
Jorge Coelho
Diretor da Escola Nacional de Formação do PT e membro da Executiva Nacional
Selma Rocha
Diretora da Escola Nacional de Formação do PT
Fátima Cleide
Diretora da Escola Nacional de Formação do PT e diretora da Fundação Perseu Abramo

Conselho

Adoniran Martins Renó
Carlos Henrique Árabe
Clara Levin Ant
Emir Sader
Gilberto Carvalho
Gleber Naime de Paula Machado
José Ilário Gonçalves Marques
Jorge Luiz Cabral Coelho
Maria Angélica Fernandes
Maria Eunice Dias Wolf
Maria Margarida Martins Salomão
Maria Selma de Moraes Rocha
Olívio de Oliveira Dutra
Silbene Santana de Oliveira
Wladimir Pomar

Equipe

Fundação Perseu Abramo:

Arlete Sbabbo
Cristina Suster
Eduardo Utima
Eduardo Tadeu
Flávia Santana
Jupira Cauhy
Raphael Golin
Regina Queiroz
Tiago Soares
Victor Amatucci

Secretaria Nacional de Formação Política

Anderson Campos
Olga Fontans Fontan
Patrícia Camara

Vice-presidência CEN

Edson dos Santos

Assuntos: